Arquivo para agosto 2008

Encontro de Setembro – Pauta e Material   Leave a comment

Já é setembro !!! Nossa!!! mais um ano!!!

Vamos começar o dia com o curso sobre ferramentas de gestão de conteúdo web que vai ser ministrado pelo José Antônio Neto.

Em seguida após a nossa seção de notícias do mês … vamos discutir e começar a elaborar nossos objetivos gerais para a área de informática. Pra isso estou deixando aqui três de documentos que preparei traduzindo e sintetizando a partir de:

Publicado agosto 31, 2008 por edlafaustramos em Sem Categoria

crianças longe ou perto dos computadores   Leave a comment

Olá Giácomo e demais professores de São José,

Conheço o trabalho do professore Setzer. Ele tem como base para sua concepção educativa o trabalho de Rudolf Steiner, idealizador das Escolas/Pedagogia Waldorf. Esta pedagogia tem aspectos muito interessantes, em Florianópolis, temos a escola Anabá que a adota.

A transposição que o Setzer faz da pedagogia Waldorf  para a informática educativa creio ser um tanto equivocada. Tomo como exemplo o seu conceito de “pensamentos maquinais”. Neste conceito, o professor diz que ao usar os computadores tendemos a ter pensamentos maquinais, pois temos que usar um formalismo análogo ao matemático. Ora… a linguagem das interfaces está muito longe de qualquer  formalismo matemático … isto parece um pensamento do tempo em que lidar com computadores era escrever um código em alguma linguagem de programação ….

Por outro lado ele está certo na sua preocupação: quando vemos tantos jovens viciados no brilho das várias telinhas dos vários tipos (tv´s, celulares, computadores, …), sem desenvolver habilidades práticas diversas (pintura, dança, esportes, leitura, culinária, bordado, música, costura, cuidados de higiene da casa e do corpo, jardinagem etc …).
Quando vemos o imediatismo, a falta de valores e a imaturidade emocional que os torna inaptos para conviver, tendemos a querer dar valor ao Setzer… Mas quero manifestar que apesar de entender que esta tecnologia seja a grande responsável pela conformação da nossa sociedade atual … os seus maiores problemas não estão em termos as crianças longe ou perto dos computadores …

A questão pra mim é o que elas estão fazendo na frente das telinhas… pra que elas as estão usando … quanto tempo elas estão ficando na frente destas telinhas… o que elas fazem quando não estão na  sua frente. E meus amigos o conteúdo das telinhas em geral é que é o problema … e esta tem sido uma escolha de todos … o problema está numa sociedade do consumo desbragado, do ócio, do desperdício, do desrespeito aos diferentes, da banalização de tudo e de todos.

A questão está muito mais nas casas do que nas escolas propriamente … Porque entendo que o uso que estamos fazendo dos computadores nas escolas, sejam privadas ou públicas .. ainda tem sido muito pouco relevante, tanto para promover bons quanto maus resultados … Ou seja … resumindo … nas escolas de ensino fundamental ainda somos irrelevantes … de maneira geral. Oxalá!! deixemos de sê-lo.

Abraços a todos,  Edla.

Publicado agosto 25, 2008 por edlafaustramos em Sem Categoria

Programas e jogos demonstrados no encontro no Interativo   Leave a comment

GIMP

http://www.gimp.org/

Estou ainda testando a melhor versão para Windows 98 e para as máquinas do Interativo. Portanto não tenho sugestões por enquanto. Para Windows XP, a última versão funciona bem. Logo atualizarei este post.

Crayon Physics

http://www.kloonigames.com/blog/games/crayon

Este jogo é um protótipo. A versão chamada “Deluxe” ainda será lançada. Há novas fases na internet. Baixei algumas, se quiserem poderei colocar aqui.

Alguns Jogos de lógica/raciocínio

http://www.2shared.com/file/3779409/b6f896e0/canibais.html

http://www.2shared.com/file/3779445/db221fcf/atravesseafamilia.html

http://www.2shared.com/file/3779449/d29453e4/lobo.html

http://www.2shared.com/file/3779455/c2392e8e/elevadores.html

http://www.2shared.com/file/3779461/ee79b954/desenheocaminho.html

Clique no link “Save file to your PC”.

Publicado agosto 17, 2008 por Ricardo em Sem Categoria

Etiquetado com

Aprendendo Inglês na Internet – Collective Blog – Grade 5th   Leave a comment

Pessoal,

O endereço que segue abaixo é um projeto de uso de blogs para aprendizado de ingles para as quinta séries…

O projeto foi premiado pela revista Nova Escola.

O site encaminha pra muitos outros locais de aprendizado de ingles…

Vale a pena

http://aprendendoenglishnainternetcoletivo51.blogspot.com/

Publicado agosto 14, 2008 por edlafaustramos em ensino fundamental, materiais, relatos de experiências

Etiquetado com

Relato de aulas – CEM Renascer   Leave a comment

Alguns exemplos de aulas com resultados muito positivos…

è A primeira turma é do  2º ano I com a professora Roseli.

O tema de projeto escolhido foi sobre “Animais.  A primeira aula foi uma apresentação no PowerPoint que mostrava informações gerais sobre os animais, habitat, meios de locomoção e outros assuntos. A professora encaminhou bem a aula  realizando uma verdadeira lição expositiva. A turma respondeu bem usando o computador para avançar e retroceder nos slides.

Numa segunda aula, trabalhou-se com o aplicativo Word, onde os alunos tinham uma tabela com imagens dos animais e tinham que digitar os nomes e classificá-los como “Selvagens” ou “Domésticos” e ainda digitar informações como o número de vogais e consoantes. Trabalhando assim as disciplinas de português, matemática e ciências.

Na terceira aula utilizei um software sobre Animais de Fazenda, onde eles acompanharam a leitura de uma história e depois fizeram os jogos de pintura, quebra-cabeça e cruzadinhas. Em outras aulas realizaram atividade de pintura e desenho do referido tema.

Estas aulas forneceram um verdadeiro significado para os alunos sobre o tema trabalhado, já que o assunto já estava sendo bastante explorado  pela professora em sala de aula nas demais disciplinas.

As crianças gostaram muito destas aulas e participaram com muita alegria e dinamismo:  adoraram digitar, aprender sobre o assunto com a apresentação no PowerPoint, e o jogo educativo motivou-as bastante. Foi importante a atitude da professora Roseli no laboratório,  fazendo a verdadeira mediação do assunto para eles.

 

Outra aula muito enriquecedora foi uma simulação do Google Earth.

à A professora da turma 32 – Alessandra, sentiu necessidade de reforçar o tema localização geográfica (O planeta, continente, país, estado, cidade, bairro..), o ideal seria a exploração do software Google Earth, como  não temos a Internet, foi elaborado um (copiar e colar) deste software no Powerpoint, indo desde o Planeta Terra até o bairro Pedregal, pedindo aos alunos que escrevessem o nome de cada localidade na tela que era mostrada. Foi feita uma exposição muito abrangente do bairro que eles vivem, mostrando os principais pontos de referência (escola, posto de saúde, mercado local…). As crianças ficaram muito felizes em observar desde o planeta Terra até o bairro em que moram, principalmente em localizar e mostrar suas residências.

è Estou estudando um software chamado Jclic muito interessante e útil para os nossos trabalhos, ele funciona como construtor de cruzadinhas, caça-palavras e outros modelos de exercícios para os alunos. Muito importante e útil para nós.

è Um outro site que quero recomendo é do Educom de Portugal, com muitos modelos de atividades e aulas, com assuntos variados principalmente para o ensino fundamental I. O site é este abaixo: 

http://web.educom.pt/pr1305/

Publicado agosto 10, 2008 por vivyperego em Sem Categoria

Relato escrito de caso – projeto de aprendizagem – Cesar   Leave a comment

O Cesar enviou um relato escrito de um projeto.

Relato do Cesar

Relato de dois casos – Ricardo   Leave a comment

Oi gente.

Embora saiba que estou muito além do prazo para esta tarefa, penso que antes tarde do que nunca. :^)

Gostaria de relatar 2 casos.

1º caso: realizamos uma aula de proposta simples, um ditado. Eu nunca havia feito naquele espaço e a atividade embora muito simples se mostrou bastante empolgante para todas as crianças e os resultados foram muito bons. Durante o planejamento, a professora citou a possibilidade de usarmos esta proposta, e sem muita discussão sobre como fazer (não deve ter muitos segredos um ditado, imagino) determinamos o plano da aula. Pedi apenas que a professora organizasse as palavras, sendo que certamente ela conhece as palavras adequadas ao aprendizado da ortografia de seus alunos. Já na aula, quando proposto o ditado, os alunos fizeram menção de desaprovação, mas foi fato não considerado, no transcorrer da retórica. Então, pedi que eles abrissem o nosso conhecido Word, e aumentassem o tamanho da letra para 48, alterassem a cor e o tipo da fonte ao gosto. Já não era qualquer coisa, o texto da aula seria escrito com letras enormes, e isto não era brincadeira. Largamos a primeira palavra e os digitadores debulharam o teclado. Aí é que surge, então, o animador desta dinâmica, com a simples pergunta: “é com s ou é com z!?” Vários alunos entreolharam-se duvidantes, alguns gritaram a favor e outros contra, poucos quase desligaram o monitor mas todos fizeram uma busca sequencial nos micros para sua certeza ortográfica. Quem responde é a professora, diz o animador. E, após a resposta ouvem-se palmas, gritos e vaias. Todos conferem e corrigem, em conforme. A aula segue nesta animada mistura de dúvida, certeza, olhares, consultas, argumentações ortográficas, colaboração e muita alegria. Interessante notar, como uma atividade simples trouxe tanta interação e envolvimento dos alunos.

2º caso: a professora de Português da 6ª série, pediu que eu conduzisse uma pesquisa na Internet, para a produção de um texto sobre as diversas “tribos” (movimentos culturais). Durante o planejamento, ela me relatou que iria definir grupos com os alunos e escolher a tribo ao grupo, objeto da pesquisa dos alunos. Acordamos que o texto seria escrito com referência (com base) nos textos de outros autores na Internet, mas redigido com a própria cuca. O combinado era enviar (se possível os próprios) o texto para o e-mail dela para avaliação. Na aula a turma se mostrou agitada e envolvida com a proposta e a temática. Logicamente tive que reforçar a proposta da autoria (uso da cuca) e até mesmo apagar os textos usurpados via download com “cara” de novos (fresh and new), “praticamente recém escritos”. Aos autores dos últimos o aviso de recomeço. Muitos grupos desenvolveram bem mas nenhum terminou, nos levando a mais uma aula. Até aqui foi muito bom. Mas na segunda aula, os alunos simplesmente vieram com vários grupos trocados e os temas vocês nem queiram saber. E agora? Como pôde isso acontecer? A professora permitiu? Sim, ela permitiu… Bom, nem preciso foi o aviso de recomeço… No fim da aula, poucos foram os que deram como terminada, com início-meio-fim, mesmo com muito esforço de conduzir esta pesquisa. Mais tarde enviei os arquivos à professora. Avaliamos posteriormente e ainda com as falhas, as atividades de sala tiveram bom resultado, pois a pesquisa trouxe mais conteúdo, e este foi bem aproveitado com as metas de estudo da disciplina.

É isso amigos, sejam bem-vindos amanhã (05/08 ) ao Interativo.

Abraços,

Ricardo

Publicado agosto 5, 2008 por Ricardo em ensino fundamental, relatos de experiências